5 conselhos do Padre Pio para enfrentarmos a pandemia

Pandemia

São princípios de fé que deixam qualquer indivíduo mais forte para enfrentar as adversidades da vida

OPadre Pio acompanhou os efeitos da pandemia da gripe espanhola, que atingiu a Itália entre os anos de 1918 e 1920. Ele também contraiu a doença. Passou meses na cama e viu entes queridos perderem a vida.

Mesmo quando estava sem a doença, inúmeras pessoas desesperadas o procuravam para saber o que fazer diante da pandemia. Para uma de suas filhas espirituais que estava com medo de morrer, ele aconselhou: “Coloque-se sob a proteção da Virgem, não peque, e a doença não a vencerá”.

5 conselhos do Padre Pio para enfrentar a pandemia

À mesma filha espiritual, Antonietta Vona, o Padre Pio escreveu uma carta, alertando-a sobre como vencer os tempos difíceis. Ele apresentou-lhe cinco princípios muito úteis, inclusive para nós que vivemos uma situação parecida com aquela do início do século XIX.

Padre Pio pede a Antonietta:

“Não tenhas medo de nenhum dano futuro que possa te acontecer neste mundo, porque talvez não aconteça contigo em absoluto, mas, em todo caso, se vier para ti, Deus te daria a força para suportá-lo. Se Deus te permite caminhar sobre as águas tormentosas da adversidade, não duvides… não tenhas medo. Deus está contigo. Tem coragem e ficará mais fácil” (Cartas III, p. 833).

Em seguida, São Pio compartilha cinco princípios de fé que deixam qualquer indivíduo mais forte para enfrentar as adversidades:

1.- “Sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus (Romanos 8, 28)”;

2.- “Deus é nosso pai”;

3.- “Quando vos mandei sem bolsa, sem mochila e sem calçado, faltou-vos porventura alguma coisa?” (Lucas 22, 35);

4.- “Eternidade”;

5.- ” “Quanto a mim, não pretendo, jamais, gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo” (Gálatas 6,14).

Esses princípios foram compilados por National Catholic Register, que explica que os conselhos são bons para qualquer ocasião, principalmente para os momentos mais desafiadores da vida. É o caso de uma pandemia.

Fonte: ACI Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *