Criança interrompe homilia e pede: reza pelo meu padrinho

Pandemia

Um menino de 5 anos interrompeu a homilia de padre Artur Oliveira para lhe fazer um pedido: rezar por seu padrinho internado com covid-19. O sacerdote postou o vídeo da missa da Ascensão do Senhor, no dia 16 de maio, em suas redes sociais, para levar às pessoas uma “mensagem de fé”.

Padre Artur disse que decidiu publicar o vídeo em suas redes sociais “para provocar as pessoas, pois devemos ser como esta criança, que pediu de modo simples, com coragem, com fé”. Para o sacerdote, “foi uma mensagem de Deus, de que a fé nos move”.

Segundo ele, após a repercussão do vídeo, que até o momento conta com mais de 120 mil visualizações, várias pessoas comentaram que “se sentiram tocadas, inclusive os jovens, e algumas disseram: ‘como minha fé é pequena diante da grandeza da fé deste menino’”.

O fato ocorreu na capela de São Francisco, em Patrocínio (MG), durante a Missa das 19h30, que é transmitida ao vivo pelo projeto ‘Garagem da Oração’, voltado para a evangelização de jovens.

Segundo padre Artur, o menino João Miguel o “surpreendeu durante a homilia”, quando o interrompeu “com toda liberdade” para pedir: “Padre, reza pelo meu padrinho? Ele está intubado”.

“Como não atender este pedido? Confesso que interiormente questionei a Deus: Senhor, esta criança me pegou de surpresa. O que eu faço agora? Larguei o que estava falando e sentei ali na escada do altar mesmo. Imaginei Jesus atendendo o pedido dele. E eu sei que Ele vai atender! Quem estava ali na igreja aprendeu o que é ter fé”, afirmou em uma publicação em suas redes sociais.

Durante sua homilia, o sacerdote refletiu sobre a ascensão do Senhor e disse que, mesmo após ter subido ao céu, Jesus “está no meio de nós”. “Mesmo que eu não o sinta em todos os momentos, Ele está comigo. Mesmo que eu não o veja em todos os momentos, Ele está comigo”, afirmou.

Foi durante esta reflexão que o menino o interrompeu e, após rezar junto com a criança, padre Artur se dirigiu aos presentes e disse: “Quer um sinal mais bonito do que esse? Jesus está no meio de nós, o tempo todo”.

À ACI Digital, o padre Artur Oliveira disse que, quando viu o menino se levantar e seguir em sua direção, pensou que fosse apenas mexer com ele e retornar para o banco. “Mas, veio com um olhar de piedade”, afirmou.

O sacerdote contou que, ao ouvir o pedido do menino, para que rezasse pelo padrinho que está internado com covid-19, percebeu “que aquele era um momento para acolhida” e lembrou “as palavras de Jesus: ‘Deixai vir a mim as criancinhas, porque delas é o Reino dos Céus’”. “Quando pedi que colocasse a mão no coração e rezasse e ele fez, pensei: esse é o tipo de fé que o povo deve ter, como essa criança. Depois, ele saiu e voltou para perto da família, que estava no fundo da igreja”.

Para o padre Artur, “o pedido daquele menino reflete o pedido de uma multidão que hoje passa por essa pandemia, várias famílias que rezam por um doente”. Dessa forma, falou sobre a “necessidade de se fazer próximo” dessas pessoas. “Por isso, naquele momento, resolvi descer e sentar na escada do altar, para descer à pequenez daquela criança e tocar o coração dela”, disse.

 

Fonte: Acidigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *